06/01/2020 06h54 - Atualizado em 06/01/2020 06h54

João Dória terá orçamento de R$239 bilhões em 2020

Educação é a pasta com mais recursos com R$ 32,6 bilhões. Saúde e Segurança pública terão, cada uma, cerca de R$ 24,5 bilhões.

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou na o Orçamento estadual para o ano de 2020. A proposta encaminhada pelo governador João Doria (PSDB) prevê gastos de mais de R$ 239 bilhões.

A Educação é a pasta com mais recursos previstos para o ano que vem, com R$ 32,6 bilhões. As secretarias da Saúde e da Segurança pública terão, cada uma, cerca de R$ 24,5 bilhões.

Na mensagem enviada aos deputados paulista, o Governador João Dória reitra "ser um governo municipalista que defende a descentralização, visando ao fortalecimento dos municípios, à redução das desigualdades regionais e à expansão das principais políticas públicas a todos os cidadãos".

Para 2020 o Governado do Estado mais rico da União reafirma sia intenção de "combate ao desperdício na máquina pública, racionalizando estruturas administrativas, e fortalecendo o amplo programa de desestatização, com parcerias entre os setores público e privado. Para tanto, estão atualmente estruturados mais de vinte projetos estratégicos disponíveis para operação sob os regimes de concessão e de parceria público privada".

Quanto a Segurança Pública o mandatario do estado de São Paulo, ressalta "a política de valorização das forças de segurança que resultou nos melhores indicadores de segurança desde o início da série histórica" e que manter os investimentos para que São Paulo continue a ser um Estado mais seguro a cada dia. "Seguiremos expandindo os Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baeps) no interior e no litoral e também ampliando o atendimento 24 horas nas Delegacias de Defesa da Mulher".


No âmbito do Corujão da Saúde, a mensagem de João Dória relata que " exames realizados em hospitais privados e em horários estendidos do serviço público, têm combatido, e zerado, o histórico déficit de assistência. Em 2020, mais regiões serão beneficiadas pelo programa".
A mensagem segue ainda demonstrando a inteção de adquirir novos equipamentos de saúde que reforçam o esforço de regionalização para suprir carências antigas e facilitar o acesso da população ao atendimento médico. Um novo calendário escolar e a expansão do ensino técnico visam a preparar os jovens para a cidadania e o mercado de trabalho.

Reformas das escolas moldam um novo ambiente escolar e a construção e entrega de creches criam um futuro de mais oportunidades para nossas crianças. São Paulo seguirá reduzindo as assimetrias sociais e nivelando as oportunidades para o justo desenvolvimento humano e econômico.


Algumas das principais fichas orçamentárias do Estado de São Paulo para 2020.

TOTAL 2020-  R$239.136.651.215,00

ADMINISTRAÇÃO GERAL DO ESTADO - R$74.880.844.074
SECRETARIA DA FAZENDA E PLANEJAMENTO - R$39.603.924.974
SEGURIDADE SOCIAL - R$38.877.008.168
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - R$32.598.246.611
SECRETARIA DA SAÚDE - R$24.441.019.095
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA - R$ 1.271.893.723
TRIBUNAL DE JUSTIÇA - R$12.309.176.640
MINISTÉRIO PÚBLICO - R$2.679.771.389
SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA - R$24.319.939.334
SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA - R$ 4.509.473.940
SECRETARIA DE ESPORTES - R$156.054.879
SECRETARIA DE TURISMO - R$525.166.923
SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO - R$706.778.997
SECRETARIA DA CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA - R$800.372.418
SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E MEIO AMBIENTE - R$2.925.977.678